Chat with us, powered by LiveChat
Aprender Espanhol Depois Dos 30 Anos? Com Certeza, Sim!

Devo fazer uma viagem para aprender espanhol depois dos 30 anos? A resposta é com certeza sim!

Aprender espanhol no exterior é uma experiência única que pode trazer diversas vantagens tanto pessoais quanto profissionais. Os benefícios de se aprender uma nova língua são inúmeros e é possível, em pouco tempo, dominar formas de se comunicar bem em espanhol, ainda que não seja em um nível fluente ou avançado, mas que já que já traga segurança e confiança para transmitir as ideias que queremos.

Para muita gente viajar para fora do Brasil pode ser caro e trabalhoso, mas muitas vezes olhamos apenas para destinos como Espanha e outros países da Europa e esquecemos de observar oportunidades mais acessíveis e que estão logo aí, pertinho de nós, na América Latina. Como por exemplo, a Argentina.

Muita gente também acha que está velho demais para aprender espanhol no exterior e isso é pura bobagem, devemos estar prontos para mudanças, e perceber que não há um momento certo para fazer algo ou aprender algo diferente. Abaixo listamos alguns dos motivos pelo qual você deve fazer uma viagem para o exterior para aprender espanhol, seja depois dos 20, 30, 40 ou 50 anos.

Imersão Cultural

Diferente de aprender espanhol no Brasil, quando vamos para outro país, ficamos 24 horas inseridos na cultura daquele lugar. Por isso é muito importante aprender espanhol no exterior. Ir ao supermercado, comprar algum remédio e até tirar dúvidas sobre qual o caminho para algum metrô se tornam desafios importantes a serem superados. Portanto, a experiência de viver, nem que seja por algumas semanas ou meses, é realmente bem importante para conseguirmos expandir nossos horizontes e fazer com que tenhamos uma aproximação com a língua espanhola bem maior.

Valorização do currículo profissional

O Brasil é uma potência da América Latina e muitos países, como Argentina, fazem negócios com empresas brasileiras. Ter um bom nível de espanhol e, inclusive, conhecer a cultura desses países é uma ótima forma de se tornar um forte candidato para empresas que possuem sedes em outros países da América Latina.

Mais maturidade para levar os estudos a sério

Todos nós sabemos que quando estamos mais velhos, um pouco mais maduros, já conhecemos bem como funcionamos, o que nos distrai e o que ajuda a gente a ficar mais focado. Aos 30 anos é mais fácil manter a disciplina nos estudos, e inclusive levar mais a sério. Os anos a mais ajudam a fazer com que valorizemos, em muitos casos, mais os momentos e as oportunidades. É mais fácil estipular objetivos, metas e seguir adiante. Estudar espanhol tem muito a ver com isso, é preciso ter certa maturidade para levar a sério os estudos.

Escolas especializadas em espanhol para estrangeiros

Quando vamos para outros países e queremos aprender a língua por um determinado período uma ideia bem interessante é procurar escolas especializadas em ensinar espanhol para estrangeiros. Muitas delas têm pacotes semanais e até mensais pensados nas necessidades dos alunos, inclusive com alunos de outros países, até aulas particulares focadas totalmente nos interesses dos alunos. A Expanish é uma das escolas que oferecem esse tipo de serviço e possui toda uma infraestrutura pensada nos estudantes de outros países que vem a Buenos Aires para estudar e conhecer a cidade.

Por que estudar espanhol em Buenos Aires, na Argentina?

Agora que você viu as vantagens de estudar espanhol e que idade não é limitante para nada, inclusive pode ser até um estimulante, é hora de seguir em frente e descobrir os benefícios de viajar e estudar espanhol na Argentina.

É logo ali

Uma das grandes vantagens é que Brasil e Argentina ficam muito perto um do outro. Por exemplo, uma viagem de São Paulo para Buenos Aires tem, em média, um pouco mais de duas horas. É fácil se programar para uma viagem do tipo e, inclusive, a faixa de preço de passagens varia de mil a dois mil reais (as mais caras) – mesmo preço que se paga para ir do Sudeste ao Nordeste do Brasil – sendo bem mais econômico do que ir para a Europa. Se você se programar com certa antecedência consegue aproveitar uma promoção ou pegar passagens com o preço em conta.

Sem burocracia e sem visto

Para viajar para a Argentina não é preciso ter visto e nem de passaporte, já que os dois fazem parte do MERCOSUL, e há um acordo em relação a isso. Portanto, para viajar para conhecer a terra argentina você precisa apenas do seu RG e pode ir feliz, sem problemas. Apenas lembre-se de algo bem importante: esteja com o documento atualizado, com foto recente. Não tente viajar com um RG que tenha mais de cinco anos pois você pode ser barrado aqui mesmo no Brasil, antes de embarcar.

É fácil tirar o DNI (Documento Nacional de Identidade)

O Documento Nacional de Identidade (DNI) é o mesmo que o RG daqui e dá diversas vantagens para quem o possui. Ele é válido por dois anos ou pode ser permanente, permitindo que você estude, trabalhe e more no país de forma legal. Além disso, muitas lojas ou mercados  só permitem o cadastro com DNI. Também para alugar um apartamento é mais aconselhável e preferível o uso do DNI. Este documento pode ser tirado tanto no Brasil quanto na Argentina e é um processo fácil, porém trabalhoso, mas que vale muito a pena.

Agora que você já sabe as vantagens de estudar espanhol no exterior e o porquê de ir para a Argentina, não deixe de pôr em prática a sua vontade de viajar e estudar outra língua! Vá fundo!